Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

A árbore que caminha


Durante as guerras entre os maoris e os ingleses, na Terra das Nuvens Brancas, que os británicos mudarom por Nova Zelándia, na comarca das Formigas Gigantes e os Diminutos Canguros, os maoris conseguirom secuestrar o governador inglés numha das suas viages.

O político fora o responsável da queima dum bosque sagrado para o transformar em pasto para ovelhas e os maoris decidirom que aquel home que destruira impunemente a Terra devia ser castigado.

O político foi encerrado numha cabana e inmovilizado boca abaixo sobre um cómodo leito.

Os primeiros dias só lhe derom a comer sementes de Gerderindé ou Árbore que Caminha. A semente desta árbore é umha das mais resistentes e xermola em espaços e condiçons nos que ningumha outra árbore sairia adiante.

O castigo foi terrível: umha das sementes germolou no ventre do político e foi medrando pouco a pouco, procurando ao longo do cativério a saída natural do corpo humano e a luz.

A pequena árbore foi-se abrindo caminho dia tras dia no interior daquel home atado boca abaixo e aos 16 dias a planta ?que viaxou paseninha até o recto- agromou polo cu do gobernador.

Ali rebentou a primeira folha.

Trinta dias despois o talo da árbore levantava 30 cm. do cu e botou a primeira flor.

A memória maori recorda que as dores do governador forom insoportáveis até que o primeiro fruto caeu da planta que enraizava no seu corpo. Só daquela rematou a tortura e o político foi liberado com a árbore no cu.

Di-se que despois deste castigo ninguém se atreveu a atentar contra a Vida Natural na comarca das Formigas Gigantes e os Diminutos Canguros.
Comentários (1) - Categoria: Nom serviam - Publicado o 22-10-2008 11:44
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
1 Comentário(s)
1 hang Zhen a dit aux journalistes. Lui et son épouse ont e#blgtk08#ffectué d'ordonner à deux veste en duvet. Ajouter à pas
Comentário por Moncler Doudoune (04-12-2012 02:38)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal