Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

A autoestrada


Já que tanto insistes
em que o corte
vou explicar-che
e será a primeira e a última vez que o faga
por qué levo o pelo longo

levo o pelo longo
porque o exército estadounidense
oferecia umha recompensa
de dous dólares
por cada cabeleira de índio
que se lhe entregasse
e os que a cobrarom
assi como os soldados
e mandos superiores
do exército estadounidense
levavam o pelo curto
ou mui curto

levo o pelo longo
porque o exército franquista
na corrada da casa na que nacim
rapou-lhe a cabeça
a umha das mulheres da minha família
cujo home
acabava de ser fusilado
por se negar a matar
nenos de peito republicanos
e os soldados que lhe raparom a cabeça
assi como o resto das tropas
e mandos superiores
do exército franquista
incluído o puto francisco franco
levavam o pelo curto
ou mui curto

levo o pelo longo porque no campo de concentraçom de mauthausen
aos deportados espanhois
como ramiro santisteban
o supervivente octogenário que mo contou
aos deportados espanhois umha vez á semana
os sábados
faziam-lhes o que entre eles se conhecia
como A autoestrada
isto é
rapavam-lhes o pelo ao cero
desde a frente cara atrás

A autoestrada

e mais adiante
quando hitler estava perdendo a guerra
com esse pelo
forravam-se as botas dos soldados alemáns
com esse pelo
e todos esses soldados alemáns
como tamém os que os sábados colaboravam
no mantemento da autoestrada
junto com os seus respectivos mandos superiores
e o filho de puta do fuhrer á cabeça
junto com o resto do povo alemao
levavam o pelo curto
ou mui curto

levo o pelo longo
porque na terceira galeria
do cárcere provincial de ovieu
a galeria dos menores
os que mandavam nela os kies
umha vez dixerom-me:

ou cortas tu o pelo
ou contamos-cho nós


e prenderom os seus chisqueiros

e tanto eles
como os funcionários de prisons
cujo trabalho consistia precisamente
em evitar que se producissem feitos como este
levavam o pelo curto
ou mui curto

levo o pelo longo por outra raçom tamém:
muitas das mulheres que conheço
aseguram-me que com el assi de longo
estou muito mais guapo
e aparento muitos menos anos
dos que tenho em realidade

assi que em vez de estar tocando-me o caralho
a todas horas
com que a ver quando vou a que me cortem o pelo
melhor calavas a puta boca, vale
e deixavas medrar o teu.



David González em Poesía para bacterías
Cuerdos de Atar, Huesca, 2008
Comentários (5) - Categoria: Geral - Publicado o 13-11-2008 21:28
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
5 Comentário(s)
1 Levo tempo lendo-lhe cousas a este homem. Espectacular.
Conheces ist#blgtk08#o: http://www.nodo50.org/mlrs/

Saúdos novamente.
igor
Comentário por igor (14-11-2008 07:54)
2 conheço
mas havia já algum tempo que no#blgtk08#m o visitava,
brigado, igor!
;)
Comentário por madeingaliza (14-11-2008 11:05)
3 New products will be the European Championship began June 8 is synchronized in the Nike NFL Jerseys stores #blgtk08#on sale, fans quickly put on a new jersey even behind the football field running, fighting team it!
Comentário por NFL Jerseys (05-11-2012 13:53)
4 consommateurs, Frugal chez les personnes âgées est un «hér#blgtk08#os». Aujourd'hui, beaucoup de jeunes rejoints. Ils pensent.
Comentário por Moncler Doudoune (04-12-2012 02:44)
5 E a aventura em Monçao, no Palácio da Brejoeira, foi intensa, em#blgtk08#ocionante e mui formativa, com momentos de verdadeira revelaçom.
Comentário por Repliki zegarków (18-03-2014 10:04)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal