Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

O esfincter, animador á leitura


O esfíncter como músculo animador á leitura.


O esfíncter é um músculo de fibras circulares concéntricas dispostas em forma de anel que controla o grau de amplitude dum determinado orifício. O nosso corpo tem mais de trinta esfíncteres, entre os que destacam pola sua importáncia o cárdico, o pilórico e o anal. Este é o que nos interessa: o esfincter anal ou músculo do cu, com perdóm para todas aquelas persoas que considerem esta palavra de mala educaçom.

É o que hai. A realidade está aí: o esfíncter resulta ser um músculo decisivo á hora de producir estímulos leitores nas persoas.

Nom hai que agardar nemgum estudo da Universidade de Illinois ou Michigam para confirmar como tese umha hipótese sobre a que muita gente, durante muitos anos, tem pensado. Por que quando vamos ao banho e sentamos na taça, se temos algum tipo de texto ao alcance da mao é practicamente imposível resistir-se a le-lo?

Seja o papelinho com as indicaçons do xampu ou da pasta de dentes, seja um jornal atrasado, ou um folheto de rebaixas do ano passado, o caso é que quando sentamos e o esfíncter se abre e se fecha um impulso inexplicável leva a nossa mao cara ao objecto com o texto escrito.

Nom é de estranhar, pois, a relaçom entre estas duas acçons tam importantes na nossa vida: cagar e ler. Esta simbiose pode-se comprobar ao fazer literatura comparada entre a máxima escatológica universal, Cagar é um pracer, e esse outro lema publicitário, protagonista de muitas campanhas de animaçom á leitura: Ler é um pracer.

Mas nom estamos a falar por falar. Nom, baseamo-nos em datos empíricos extraídos do experimento intitulado: O esfincter como músculo vital para a animaçom á leitura.

Com a ajuda inestimável de vários alumnos e alumnas de secundária, que se oferecerom voluntariamente para participar num experimento de animaçom á leitura que se prolongou durante várias semanas, puidemos iniciar a experiéncia:

O alumnado comprometeu-se a colocar ao alcance da mao no váter um objecto susceptíbel de ser lido (e dentro desta categoria entrariam: revistas, livros, jornais, o teléfono móbil, accesórios de aseo com letras impresas, prospectos de medicamentos ou outros objectos com texto incorporado, etc)

O alumnado comprometeu-se a registrar as vezes que , na taça, estirava a mao, apanhava o objecto susceptíbel de ser lido e ejecutava a acçom de ler.

Ao cabo de 30 dias recolherom-se escrupulosamente os datos e puido-se comprobar que:

- O 93 % das vezes que o esfíncter se pom em funcionamento, acto seguido ?ás vezes mesmo antes- a mao se dirige cara ao objecto susceptível de ser lido, e o objecto coloca-se diante dos olhos, iniciando-se o acto da leitura.

- A porcentage é maior nas persoas de sexo feminino que nas de sexo masculino: 97 % nas rapazas vs 89 % nos rapazes.

- O tempo de permanéncia na taça do váter aumenta num 65 % desde que se instalam objectos susceptíbeis de ser lidos ao alcance da mao.

- Um 32 % das persoas participantes que se reconhecerom antes da proba como reácias á leitura, asegurarom que, a raíz desta experiéncia, o acto de ler deixou de ser aborrecedor e começou a resultar entretido, mesmo agradável, nom só quando o esfíncter entrava em acçom senom tamém noutras situaçons e espaços nos que o esfíncter se mantém á marge.

Como feito curioso cumpre informar de que, ao final do processo, um 37 % das persoas participantes no experimento decidiu acondicionar no banho um pequeno espaço onde colocar objectos susceptíbeis de ser lidos, bem em forma de revisteiro ou de biblioteca pequena.

E já para rematar, o grupo de trabalho que analizou a casa de banho como lugar de leitura chegou á conclusom de que o músculo esfíncter é talvez, -junto com os párpados nos olhos e os dedos nas maos-, a parte do nosso corpo que mais influe na experiéncia da leitura como um verdadeiro pracer.

Fai a proba: pom um livro no váter!
Comentários (6) - Categoria: Desenhos - Publicado o 30-03-2008 22:08
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
6 Comentário(s)
1 coach factory, coach handbag outlet, coach factory outl#blgtk08#et, louis vuitton handbags outlet, coach bags outlet,
Comentário por coach factory (11-11-2012 05:35)
2 coach factory, coach handbag outlet, coach factory outl#blgtk08#et, louis vuitton handbags outlet, coach bags outlet,
Comentário por coach factory (11-11-2012 05:35)
3 Not excited bitter and demand quick, only to end in few days, pompous, old embarrassed pass. I like spring seedlings, #blgtk08#not seen by a director of the day. Drop out of school such as sharpening stone, not see damage on some of its losses.
Comentário por north face jackets clearance (13-12-2012 10:28)
4 In the world of high heels,christian louboutin is absolutely can not be ignored.chri#blgtk08#stian louboutin sale is the favorite of European and American actress!Red-soled AUTO
Comentário por Obd2 Scanner Tool (17-02-2013 03:18)
5 ura comparada entre a máxima escatológica universal, Cagar é um pracer, e esse outro#blgtk08# lema publicitário, protagonista de muitas campanhas de animaçom á leitura: Ler é u
Comentário por bag supplier (24-02-2013 13:56)
6 Hmm are several logical reasons for such attitude. First of all#blgtk08# it is necessary for an individual to perform his social roles.
Comentário por free example research papers (20-03-2013 21:19)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal