Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

Deixar falar em sardo



26 de março de 1927

Caríssima Teresina, deves escrever-me longamente sobre os teus. Franco me parece muito vivo e inteligente: acho que já está falando correntemente.

Em que língua fala? Espero que o deixes falar em sardo e não o desgosto quanto a isso. Foi um erro ter proibido que Edméa, quando pequena, falasse livremente sardo. Isso prejudicou a sua formação intelectual, impôs uma camisa de força à sua fantasia.

Não deves cometer o mesmo erro com os teus meninos. Aliás, o sardo não é um dialeto, é uma língua à parte, embora não tenha uma grande literatura, e é bom que as crianças aprendam várias línguas, se for possível.

E depois, o italiano que vocês lhe ensinarem será uma língua pobre, manca, feita só daquelas poucas frases e palavras das conversas com ele, puramente infantil; ele não terá contacto com o ambiente geral e acabará aprendendo dois jargões e nenhuma língua: um jargão italiano para a conversa infantil com vocês e, um jargão sardo, aprendido aos pedaços e bocados, para falar com os outros meninos e com a gente que encontrar pela rua ou na praça.

Eu te recomendo, de coração, que não cometas esse erro e que deixes os teus meninos sugarem todo o sardismo que quiserem e se desenvolvam espontaneamente no ambiente natural em que nasceram; isto não será um empecilho para o futuro deles; ao contrario.


António Gramsci

Mais aqui.
Comentários (4) - Categoria: Nom serviam - Publicado o 27-03-2008 22:28
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
4 Comentário(s)
1 E seica non é a única testemuña das súas simpatías coas reivindicacións sardas.
Hai anos coñecín un rapaz de alí que me contou com#blgtk08#o a lingua estaba case desaparecida na capital, e mesmo víao como un feito que ía en favor do progreso. Obviamente nunca lera a Gramsci.
Comentário por Mario (28-03-2008 06:32)
2 já o di o dito sardo ;): as sardinhas #blgtk08#voltariam se os governantes quixessem
Comentário por madeingaliza (28-03-2008 20:53)
3 ooo#blgtk08#oow
Comentário por Harga dan Spesifikasi Hp Android Terbaru (19-04-2015 09:07)
4 I am little bit co#blgtk08#nfused about that.
Comentário por Smartphone dengan kamera terbaik harga murah (19-04-2015 09:13)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal