Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

O tigre


Tigre, tigre que flamejas
Nas florestas da noite.
Que mão que olho imortal
Se atreveu a plasmar tua terrível simetria ?

Em que longínquo abismo, em que remotos céus
Ardeu o fogo de teus olhos ?
Sobre que asas se atreveu a ascender ?
Que mão teve a ousadia de capturá-lo ?
Que espada, que astúcia foi capaz de urdir
As fibras do teu coração ?

E quando teu coração começou a bater,
Que mão, que espantosos pés
Puderam arrancar-te da profunda caverna,
Para trazer-te aqui ?
Que martelo te forjou ? Que cadeia ?
Que bigorna te bateu ? Que poderosa mordaça
Pôde conter teus pavorosos terrores ?

Quando os astros lançaram os seus dardos,
E regaram de lágrimas os céus,
Sorriu Ele ao ver sua criação ?
Quem deu vida ao cordeiro também te criou ?

Tigre, tigre, que flamejas
Nas florestas da noite.
Que mão, que olho imortal
Se atreveu a plasmar tua terrível simetria ?


William Blake
Comentários (5) - Categoria: Geral - Publicado o 29-01-2008 15:18
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
5 Comentário(s)
1 Impresionante o #blgtk08#ataque do tigre.
Comentário por paideleo (30-01-2008 22:47)
2 uff#blgtk08#f!
Comentário por madeingaliza (31-01-2008 08:55)
3 Em que longínquo abism#blgtk08#o, em que remotos céus
Comentário por rolex replica (30-01-2016 03:28)
4 Quem deu vida ao corde#blgtk08#iro também te criou ?
Comentário por Longchamp Outlet (05-05-2017 10:01)
5 Que espada, que astúcia foi capaz de u#blgtk08#rdir
As fibras do teu coração ?
Comentário por Cartier Replica (05-05-2017 11:05)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal