Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

Nao há estrelas no céu!


Não há estrelas no céu
Não há estrelas no céu
A dourar o meu caminho
Por mais amigos que tenho
Sinto-me sempre sozinho

De que vale ter a chave
De casa para entrar
Ter uma nota no bolso
Para cigarros e bilhar

A primavera da vida é bonita de viver
Tão depressa o sol brilha como a seguir está a chover
Para mim hoje é Janeiro, está um frio de rachar
Parece que o mundo inteiro se uniu para me tramar

Passo horas no café
Sem saber para onde ir
Tudo a volta é tão feio
Só me apetece fugir

Vejo-me a noite ao espelho
O corpo sempre a mudar
De manha ouço o conselho
Que o velho tem para me dar

Refrão

Vou por aí às escondidas
A espreitar às janelas
Perdido nas avenidas
E achado nas vielas

Mãe o meu primeiro amor
Foi um trapézio sem rede
Sai da frente por favor
Estou entre a espada e a parede

Não vês como isto é duro
Ser jovem não é um posto
Ter de encarar o futuro
Com borbulhas no rosto

Porque é que tudo é incerto
Não pode ser sempre assim
Se não fosse o rock and roll
O que seria de mim?

Refrão

Rui Veloso

Comentários (3) - Categoria: Geral - Publicado o 24-10-2007 11:28
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
3 Comentário(s)
1 Rui Veloso e os Samurais foi o catecismo que me ensinou a amar. Amor e desamor, dous camiños...
O amor non corresp#blgtk08#ondido, moitísimas veces, ten máis forza que o amor consumado.
O importante é amar anque o prometido sexa debido
Comentário por Paco Penas de Dorvisou (26-10-2007 04:21)
2 thanks for #blgtk08#your post !
Comentário por http://www.comiterugby14.fr (02-06-2015 10:02)
3 anké la pala#blgtk08#bra exiliu?
Comentário por http://www.creezvotresoiree.fr (29-08-2015 02:52)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal