Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

Língua e psicologia social


Por exemplo:

Entre os atributos e apariéncias observábeis numha persoa e que construem a sua identidade social está a língua.

?Si hombre si, el presidente de la comunidad de vecinos, ese de pelo cano, ese que habla gallego?.

Em determinados contextos falar galego está marcado fronte a umha suposta normalidade: falar castelám.

Mesmo hai gente que interpreta que quem fala galego o fai porque vem da aldeia ou´"é" dum determinado partido político.

Isso som preconceptos e os preconceptos criam estigmas.

Um estigma é um atributo desacreditador. E os estigmas construem-se socialmente.

A persoa estigmatizada sente que um atributo determinado (falar galego, ter acento galego) a converte em menos apetecíbel ou menospreçada, ou supóm um defecto ou desavantage diante dos demais.

Olho: Um atributo que estigmatiza a um tipo de posuidor (diglósico: a nossa tía galego-falante fala español com o médico porque ?o galego vale menos?) pode confirmar a normalidade doutro (eu, que non sinto por ningures esse ?menospreço? ) e, por tanto esse atributo nom é nem deshonroso nem ignominioso de seu. Evidentemente.

A persoa estigmatizada pode chegar a nom ter sensaçom de persoa normal, sensaçom de que nom encaixa, non é aceptada polos outros. Pode chegar a minusvalorarse a si mesma.

Como resposta ante esta situaçom a gente que se sente estigmatizada?

Ás vezes intentando corrigir o seu "defecto". No caso da língua a operaçom de cirurgia adoita ser a deserçom lingüística.

O resultado muitas vezes nom é a adquisiçom dum estatus ?normal? para a língua que fala, senóm a transformaçom do ?eu?. (eu=yo)

Por exemplo: pais e nais galego-falantes que evitam transmitir aos filhos e filhas o que consideram estigma e aprenden-lhes a língua ?normal?: o espanhol.

Mais dumha vez tenho visto rapaces e rapazas galego-falantes em saídas de estudos que, quando se atopam em situaçóns nas que consideram que a sua língua se converte num estigma ?por exemplo diante de gente desconhecida, num comércio-, ocultam o estigma: cámbiam o Eu polo Yo, o galego polo castelám.

Em fim, que tristemente o processo de colonizaçom lingüística de vários centos de anos aínda segue mui activa entre nós dunha forma invisíbel: a nossa psicologia social.

Por isso, umha das fontes mais valiosas da reflexom e a acçom para o cámbio social da língua na Galiza está nessa ciéncia.

Quanta gente está a abordar o processo de normalizaçom desde o enfoque da Psicologia Social -e desde outras ciéncias sociais- na Galiza?

Made in Galiza é fruto da minha impoténcia como filólogo, e dumha procura autodidacta e intuitiva de soluçons prácticas ao conflito sociolingüístico cotiám, quando me dei conta -como muita outra gente- de que despois de saír da faculdade diante da palavra estigma pouco mais podia fazer que umha análise gramatical.

E que havia que procurar outros caminhos.




Comentários (6) - Categoria: Geral - Publicado o 16-10-2007 18:04
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
6 Comentário(s)
1 E se a todo iso lle engadimos (entre outras cousas) que sempre hai propietarios da lingua que descalifican ao neo falante polo seu galego normativo, pois xa está! Falar galego,#blgtk08# dun xeito ou de outro (ou de outro, ou de outro, que temos para elexir), é como ir á guerra, bombas por aquí e por alá.
Que se abran camiños, a ver...
Un saúdo.
Comentário por Doutora Seymour (16-10-2007 21:14)
2 abrir caminhos..., tod@s e todos os #blgtk08#dias!
saúdos, doutora Seymur.
Comentário por madeingaliza (16-10-2007 22:12)
3 abrir caminhos..., tod@s e todos os #blgtk08#dias!
saúdos, doutora Seymur.
Comentário por madeingaliza (16-10-2007 22:12)
4 thanks for #blgtk08#your post !
Comentário por http://www.stickermural.fr (02-06-2015 10:04)
5 ce encanto #blgtk08#atrajo Oh!
Comentário por http://www.f-retout.fr (29-08-2015 03:02)
6 No caso da língua a operaçom de cirurg#blgtk08#ia adoita ser a deserçom lingüística.
Comentário por replica rolex (22-12-2016 05:13)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal