Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

A casa borrosa


Algumha gente di que vivo numha casa borrosa. Hai gente que passa por diante, frega nos olhos e miram como se fossem miopes e dim que vem umha casa desenfocada.

Dim que se achegam a toca-la e semelha longe. E eu digo-lhes: Mirai as paredes azuis e verdes, mirai o telhado de lousa negra, mirai a porta sempre aberta.

Mas a gente di que a minha casa desaparece confundida na néboa, e dim que vivo numha casa borrosa como umha mancha de aceite num papel da carniceria. E dim que as fotos sempre saem movidas, difuminadas como se alguém corresse a imagem cos dedos.

Dim que vivo numa casa borrosa, difícil de ver nitidamente. E eu digo-lhes: Vinde, pasai sem chamar, é confortábel, falemos, podo mostrar-vo-la por dentro. Mas hai quem di que mira e non ve nada, como se a minha casa fosse talvez invisíbel, a casa na que eu vivo, a minha casa azul e verde, e dim essas cousas aínda que a tenham diante dos olhos e eu sinale co dedo Ai está, mirai, ao lado do mar, nom é moi grande nem pequena.

Hai gente que se achega e tomamos un café e falamos do amor e dos arcos da velha e dim Que casa tam bonita.

Mas hai gente que nom quere saber nada da minha casa entre a néboa. E dim que miram e nom a vem e dam media volta e marcham.
Comentários (5) - Categoria: Desenhos - Publicado o 08-08-2007 16:21
# Ligazóm permanente a este artigo
Chuza! Meneame
5 Comentário(s)
1 Reasonable tendencies can also be significant with startin#blgtk08#g that a consumer is usually engaged in addition to real.
Comentário por swiss replica watches (13-05-2014 11:20)
2 http://www.bask#blgtk08#et-comminge.fr
Comentário por http://www.basket-comminge.fr (21-11-2014 09:12)
3 qué axetivos-y cuadren a la palabra mar, a palabra muerte?
Si tenéis que marchar, ¿ye#blgtk08# la palabra adiós un sustantivu?
¿Cómo se pronuncia en diakhanké la palabra exiliu?
Comentário por http://www.tigerarmy.nl (10-12-2014 09:53)
4 Some women anguish about affairs accoutrements online if they can’t see the quality. Genuine, hig#blgtk08#h-grade leather, admirable hardware, and alluring colors can acclaim your clothes and your style.
Comentário por LV replica bags (13-07-2015 12:04)
5 A indignaçom medra, o capital coacciona, os média manipulam, a clase política distáncia-se, unem-se várias ge#blgtk08#raçons de activistas...
Aparecem paráguas de todas as cores...
Existe umha experiéncia recente.
Comentário por http://www.lozerepecheloisir.fr (07-09-2015 11:22)
Deixa o teu comentário
Nome:
Mail: (Nom aparecerá publicado)
URL: (Debe começar por http://)
Comentário:
© by Abertal