Made in Galiza


Eu nunca serei yo
Um caderno de trabalho de Séchu Sende

A minha obra neste caderno está licenciada baixo creative commons, copiceibe.

O autor solicita comunicar-lhe qualquer uso ou modificaçom da sua obra no email de contacto aqui sinalado.

Contacto
madeingaliza
 CATEGORIAS
 FOTOBLOGOTECA
 OUTROS MUNDOS
 BUSCADOR
 BUSCAR BLOGS GALEGOS
 ARQUIVO
 ANTERIORES

Caurel em outono


Fotos de Rocío Candales.
Comentários (4) - Categoria: Geral - Publicado o 05-07-2007 22:15
# Ligazóm permanente a este artigo
A língua e o oso do Courel

Em fim.

Debedes saber que como resultado da alianza entre duas ciéncias, a biologia e a lingüística, descobreu-se umha curiosa coincidéncia.

Aqueles territórios do planeta com maior biodiversidade tambem som os que gozam dumha maior diversidade lingüística.

É como se nesses lugares a terra oferece-se a sua riqueza natural e cultural ao mesmo tempo, de forma vizosa. Como se as duas herdanzas que recibimos, geraçóm tras geraçom, a natureza e a cultura, se protegessem mutuamente.

Há um síntoma especialmente curioso do equilíbrio entre a vida natural e o ser humano: os lugares onde se falam mais línguas som os territórios com maior número de mamíferos superiores.

O caso mais extraordinário é Papua Nova Guiné, onde se falam mais de quinhentas línguas e aínda nom param de descobrer espécies animais nunca vistas.

Por isso quando há tres maios lim no jornal a notícia da chegada dum oso á Serra do Caurel, alegrei-me também pola saúde da nossa língua.


E por isso quando no verao seguinte lhe prenderon lume á montanha mui mui pertinho de onde aparecera o oso soubem que nom só ardíam centos de hectáreas de castinheiros, carbalhos e albarizas com mel.

Em certa maneira também estava a arder o nosso idioma, silenciosamente.


5 de julho. Vai-se a néboa.
Está chegando a calor.

...........


Podes ver o vídeo do oso se clicas aqui

Também tes umha ligaçom a um interessante documento sobre os bichos, as palavras e a gentinha acolá
Comentários (4) - Categoria: Geral - Publicado o 05-07-2007 19:39
# Ligazóm permanente a este artigo
Essas bombonas...

Já eram horas de que as bombonas de butano entrassem na literatura galega!

Obrigado, Pánchez, pola imagem!

Ave, Pánchez!

Genial.

.....


Mais de Panchez, por suposto, aqui
Aduaneiros sem fronteiras
Comentários (14) - Categoria: Geral - Publicado o 05-07-2007 17:13
# Ligazóm permanente a este artigo
Método de autohipnose para falar galego
madeingz
Umha alternativa para gente como a de Tan gallego como el gaspacho....

Made in Galiza, Galaxia, página 100.


.....

Se queres practicar com o primeiro tema do Método, relaxa-te, clica no Capítulo primeiro, olha fixamente a espiral e repite: Se vou a Bueu num bou vou, se nom vou a Bueu num bou nom vou.



Atençom: Nom funciona com gente que já fala galego.
Comentários (4) - Categoria: Geral - Publicado o 05-07-2007 16:55
# Ligazóm permanente a este artigo
SOS CAUREL!



Asina polo Caurel.
Ciberacçom SOS COUREL
Comentários (3) - Categoria: Geral - Publicado o 05-07-2007 16:13
# Ligazóm permanente a este artigo
© by Abertal