acuática



Xanela de Marta Dacosta
acuatica07@gmail.com
 CONTIDOS
 OBRA
 ANTERIORES
 Arquivo
 BUSCADOR
 outras xanelas

Na terra de Antero de Quental

E ao final estiven ao pé do monumento co que a cidade de Ponta Delgada (Ilha de São Miguel, Açores) homenaxea o seu grande poeta.

A pegada de Antero déixase ver en varios lugares da cidade.

Gostei especialmente do magnífico poema Solemnia verba (na fotografía é o da vosa esquerda)que coroa a cidade desde este monumento.

Disse ao meu coração: Olha por quantos
Caminhos vãos andámos! Considera
Agora, desta altura, fria e austera,
Os ermos que regaram nossos prantos...

Pó e cinzas, onde houve flor e encantos!
E a noite, onde foi luz a Primavera!
Olha a teus pés o mundo e desespera,
Semeador de sombras e quebrantos!

Porém o coração, feito valente
Na escola da tortura repetida,
E no uso do pensar tornado crente,

Respondeu: Desta altura vejo o Amor!
Viver não foi em vão, se isto é vida,
Nem foi demais o desengano e a dor.
Comentarios (0) - Categoría: Xeral - Publicado o 30-08-2007 23:50
# Ligazón permanente a este artigo
Chuza! Meneame
Deixa o teu comentario
Nome:
Mail: (Non aparecerá publicado)
URL: (Debe comezar por http://)
Comentario:
© by Abertal
Acuática